Privacidade e governança de dados: as chaves para a geração de impactos com segurança

Estima-se que, em 2020, 1,7 MB de dados serão criados a cada segundo por cada pessoa, somando 147 Gb de informação por dia, estejam as pessoas conectadas à Internet ou não. É um universo de informações que estará circulando e tornando-se disponível para potencializar ofertas, descobrir oportunidades e inovar. São dados para encantar o consumidor, para desenvolver novos produtos, para evitar riscos, para melhorar a execução das operações e gerar grandes impactos para os negócios.

Governo de SP vaza dados privados de mais de 28 mil pessoas

Dados pessoais de cerca de 28 mil candidatos que buscaram o apoio financeiro do Programa de Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo (ProAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, estão abertos na internet, expondo fotocópias de documentos como carteira de identidade e CPF, comprovante de endereço e telefone, além das propostas apresentadas desde 2015.

Composição da autoridade de proteção de dados preocupa entidades civis

A coalização formada mais de 70 entidades dos diversos setores empresariais, da academia e da sociedade civil que atuou pela célere aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e imediata criação da autoridade competente, acaba de tornar públicos dois manifestos nos quais defende a tecnicidade da diretoria da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (a ANPD) e a representatividade e legitimidade do Conselho Nacional de Proteção de Dados.

Militares vão mudar texto de plano de cibersegurança após contestação da Abranet

O GSI (Gabinete de Segurança Institucional) informou que vai rever os três pontos críticos levantados na carta da Abranet sobre a E-Ciber (Estratégia Nacional de Segurança Cibernética), que está sendo elaborada pelo governo federal no Palácio do Planalto.

Gigantes multinacionais se reinventam após leis de dados

A Lei Geral de Proteção de Dados sancionada na Europa em 2016 é um paradigma na área. Dois anos depois, o Brasil fez sua legislação e, agora, em 2019m a preocupação com o trato das informações é um dos pilares da novíssima economia. O tema foi abordado por gigantes internacionais nesta quinta-feira (24/10) durante o segundo dia da Fenalaw, feira anual do setor jurídica sediada em São Paulo.

PEC pode tornar o STF o fórum de discussão sobre proteção de dados no País

A PEC é de tripla importância: confirmaria a relevância da proteção de dados pessoais como um direito fundamental […]; consolidaria a LGPD como a norma-mãe no tema,[…]; e […] tornaria o Supremo Tribunal Federal o inevitável fórum de discussão sobre proteção de dados no País.

Pesquisa da IBM aponta desconfiança de 96% dos brasileiros quanto a proteção de dados pessoais por empresas e organizações

Uma pesquisa encomendada pela IBM sobre a privacidade em 11 países do mundo revelou que 96% dos brasileiros entrevistados acredita que as organizações devem fazer mais para proteger suas informações pessoais. A informação é do portal Rádio Geek.