Carrefour é multado em 3.8 milhões de euros por descumprimento da GDPR

O Carrefour, multinacional francesa de supermercados com operações em mais de 30 países, foi multada em €3 milhões (quase RS$ 20 milhões) por múltiplas violações do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR). Informações são da Infosecurity Magazine.

De acordo com o portal, a multa foi aplicada pela Comissão Nacional de Computação e Liberdade (CNIL), uma das principais organizações reguladoras do GDPR na Europa. Além da rede mundial de supermercados, o Banco Carrefour, conhecido por Carrefour Soluções Financeiras no Brasil, também foi multado pelo órgão, em € 800 mil (mais de RS$ 5 milhões).

São necessárias 191 páginas para listar tudo o que o Spotify coleta sobre você

Há um certo consenso entre a comunidade de desenvolvedores: após o nascimento de regulamentos globais que visam devolver ao consumidor o controle sobre seus próprios dados no ambiente digital — como a europeia General Data Protection Regulation (GDPR) e a brasileira Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) —, a melhor forma de garantir que as coisas não saiam errado é coletar o mínimo de informações possível. Além de evitar problemas como o dark data, a minimização da coleta também garante facilidade na hora de responder às requisições feitas por internautas em garantir seus direitos previstos em lei.