[Zoom] Empresa afirma chamadas gratuitas não serão criptografadas para facilitar o acesso de agentes do Estado

Via Semanário InternetLab

No dia 02.06.2020, a empresa de vídeo-chamadas Zoom confirmou, em uma reunião com investidores, que não aplicará criptografia de ponta a ponta para chamadas gratuitas realizadas na plataformaComo afirmado pela empresa,  isso se deu, em parte, para facilitar o acesso de agentes do Estado a essas chamadas. De acordo com o chefe executivo da empresa, Eric Yuan, “com certeza não queremos oferecer isso [aos usuários gratuitos], porque também queremos trabalhar em conjunto com o FBI, com a polícia local, no caso de algumas pessoas usarem o Zoom para más finalidades“. A empresa vem sendo alvo de críticas relacionadas à sua política de segurança de dados, já tendo inclusive fechado acordo com a procuradoria geral de Nova Iorque, nos Estados Unidos, sobre suas práticas. No Brasil, a empresa também foi notificada pela Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *