Itaú: monitoramento de contas para o PIX não fere a LGPD

O diretor de Segurança Corporativa do Itaú, Adriano Volpini, garantiu que o monitoramento é autorizado desde que seja para a permitir a proteção dos dados dos correntistas. “Não enxergo conflito nas ações de monitoramento de segurança com a LGPD. Os dados são usados para a proteção do correntista”, reiterou. Mais de 300 pessoas do Itaú estão envolvidas com o PIX, que entra em operação no dia 16 de novembro.

Continue lendo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *